Share
ShareSidebar


Estás a sofrer ?



Eram três da tarde e fogo,
Verão e fogo,
calmaria e depois fogo.

Agora a pele arde,
a mãe grita,
o gado corre.

Fumo,
sons,
manchas de negro ...

Conheci as estrelas no céu na escola. A professora (simpática, simpática ...) a dizer:
- As estrelas do céu são fogo,
(coisa boa o fogo)
fogo que arde há muito e muito tempo. 

A dona Alzira com a bata vermelha a correr,
lágrimas a criarem caminho na pele
um gemido.

A Joana não gostava de fogo no céu. Ela ao meu lado na carteira e um desencanto.
- O fogo é mau, olha aqui.
E uma pintura de desespero, um grito ali em crosta.

Dona Alzira onde está a Joana ?
Não está ...
correu com os veados do alto do monte.

Meu Senhor faz-me dono do fogo. 
- Um fósforo, uma lata de metal, urges secas. 
Uma tenda de circo com ciclos de fogo. 

A liturgia explica tudo.
Símbolos, ritos, pequenos passos introdutórios.
O prado aos brados.

Mãe:
- Estás a sofrer ?
Filho:
- Não ... estou em paz !   

Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Bruno Barros disse...

Muito top este Leandro. Continua ;-)